quarta-feira, maio 09, 2007
Licenciaturas e despachos

Já todos sabem que o primeiro-ministro, José Sócrates, concluiu a sua licenciatura num domingo. O que não sabíamos é que um estranho - para não dizer pior - despacho do governo regional, que comentei no post anterior, foi assinado num domingo. Estes senhores andam mesmo a brincar com a tropa. Os senhores em causa são: Carlos César, Sérgio Ávila e Domingos Cunha, que assinaram o despacho.

 
Postado por Rui Lucas em 5/09/2007 |


7 Comments:


  • 09 maio, 2007 15:00, Anonymous Anónimo

    Ó Mendes, comenta aí pá!!!

     
  • 09 maio, 2007 16:45, Anonymous Anónimo

    Há coisas que nem merecem comentários, mas o Sr. Rui Lucas deve estar habituado a descansar as bolinhas ao fim de semana, enquanto outros que realmente se preocupam com o futuro da Região, trabalham inclusivé ao domingo.

    Nem devia perder tempo com isto, mas pronto...

    São comentários meus demais para quem alegadamente entende de jornalismo.


    Haja paciência...

     
  • 09 maio, 2007 18:09, Blogger Rui Lucas

    Estava a começar a ficar preocupado, mas lá apareceu um bom naco de demagogia, ainda por cima barata e cobarde. Quem está na política trabalha todos os dias da semana, esteja no governo ou na oposição. Podemos sempre ajuizar sobre a qualidade do trabalho, é certo, mas isso não invalida reconhecer que as pessoas em causa estão sempre disponíveis. Logo, só descanso as minhas "bolinhas" ao fim-de-semana quando é possível.

    Acho é caricato dizer-se que governantes "despacham" ao domingo, sabendo nós que parte do pessoal que os auxilia não tem isenção de horário, ou seja, está de folga. Colocar este pessoal a trabalhar ao domingo implica pagamento de horas extraordinárias, o que deve ser evitado em nome da boa gestão dos dinheiros públicos. Só em caso de extrema necessidade é que se deve recorrer a horas extraordinárias, o que não é manifestamente o caso deste despacho. O lógico é aguardar pela segunda-feira. Ou o direito à habitação da senhora é um assunto vital para o futuro dos açorianos? Claro que não!

    O que o anónimo das 16H45 não comenta é o facto do despacho andar misteriosamente perdido durante dois anos, caso inédito no Jornal Oficial. Ou, à luz do que escrevi, o dia da semana em que supostamente foi assinado. Isto já para não falar da duvidosa legalidade do próprio despacho. Mas isso fica para outra altura.

     
  • 09 maio, 2007 23:44, Anonymous Anónimo

    Só um ignorante e malandro a soldo partidário pode pensar que qualquer pessoa não pode levar trabalho para casa inclusivé ao fim de semana. O PSD no seu melhor!

     
  • 10 maio, 2007 00:20, Blogger Rui Lucas

    Caro anónimo das 23H44, como já se faz tarde e tenho pouca paciência para falar para as paredes, a conversa acaba aqui. Quando deixar de ser garoto e revelar a sua identidade podemos continuar a discutir.

    Por isso, termino dizendo o seguinte: já vi que não lhe convém comentar os factos estranhíssimos deste caso e prefere desviar a conversa (uma malandrice); afirma que penso que não é possível alguém levar trabalho para casa ao fim-de-semana, apesar de eu ter escrito "quem está na política trabalha todos os dias da semana" (pura ignorãncia, pois não sabe ler); o início da primeira frase do seu último comentário aplica-se à sua pessoa quase na perfeição, só falta o adjectivo "cobarde".

    Continue assim, a tentar (sem conseguir) fazer os açorianos de parvos. Há-de ir longe...

    Passe bem.

     
  • 10 maio, 2007 23:12, Anonymous Anónimo

    Oh Lucas vai dar banho à minhoca...!!!

     
  • 15 maio, 2007 22:05, Anonymous Anónimo

    O diploma é que foi elaborado num Domingo e não a licenciatura.
    Com meias verdades o BANANA do lucas quer intoxicar quem???