domingo, junho 04, 2006
Ilha Azul....ao passar um navio...
O Ilha Azul chega esta noite (Domingo) e, de acordo o administrador da empresa, começa a circular Segunda-feira. O debate e as notícias dominaram a agenda nos últimos dias. As leituras são várias. Para uns chegou a tempo porque cumpre o contracto (150 dias entre 1 de Maio e 31 de Outubro), mas para outros é tarde demais. Há ainda aqueles que colocam em causa o actual modelo de transporte marítimo de passageiros. A verdade é que o tema não é pacífico! O debate está lançado!!!


"A viagem é uma sucessão de irreparáveis desaparições"
Autor: Nizan , Paul
 
Postado por Rui Goulart em 6/04/2006 |


2 Comments:


  • 04 junho, 2006 10:05, Anonymous picaroto

    Benvindo aos Açores, Ilha Azul!
    Espero que a administração da Transmaçor reveja os horários para o Pico. Não se entende nem se aceita que um passageiro com destino ao Pico, passe ao largo daquela ilha, no trajecto entre Velas-Horta, pernoite no Faial e só na manhã e por vezes na tarde do dia seguinte, desembarque no Pico. Quando se sabe que o Faial tem muito pouco tráfego dos ferries, não se entende estes horários e, muito menos, que a Secretaria da Economia os aprove desta maneira. Por que se rejeitou os horários do ano passado, que contentaram todos os utentes?
    Espero que o Governo tenha em conta os protestos da imprensa e a Transmaçor os aceite e corrija a sua programação.

     
  • 05 junho, 2006 00:34, Blogger Romano

    A Transmaçor, para resolver o justo problema apresentado pelo Picaroto,seria contratualizar com a empresa que faz a ligação maritima regular Horta/Madalena uma viagem, sem custos para o passageiro,que transportasse os passageiros com destino final Pico, evitando que passassem uma noite na Horta e talvez a sua deslocação aquela Ilha....não fosse o transporte dos carros, pois o Barco que levasse os passageiros com destino ao pico poderia regressar com os que fossem viajar no Ilha Azul para outras ilhas.
    Não sei, é uma hipótese. Há que pensar em soluções.

    Quanto aos que criticam a existência deste serviço, ainda que sazonal, de transporte passageiros e viaturas inter-ilhas, eu respondo se não será a forma mais obvia e agradável de dar a conhecer os Açores aos Açorianos. Eu penso que sim. E é muito ilogiado pelos turistas...não o antigo serviço, mas a forma de conhecer várias ilhas..por dentro e por for.