terça-feira, dezembro 06, 2005
Milícias populares
"O presidente da Junta de Freguesia dos Biscoitos lidera um grupo de 60 homens que tem por objectivo proteger pessoas e bens da freguesia. O resultado é que, após uma semana, a onda de assaltos reduziu a zero."

Esta notícia do Diário Insular é, no mínimo, preocupante. Na minha opinião já é tempo da sociedade começar a discutir se a Região deve, ou não, ter a tutela das forças de segurança. Para já assiste-se à desresponsabilização dos órgãos de governo próprio em torno do aumento da insegurança, pois estes limitam-se a dizer que Lisboa é que tem de tratar do assunto. Até quando?
 
Postado por Rui Lucas em 12/06/2005 |


7 Comments: