quinta-feira, novembro 09, 2006
A caminho de Keith Jarrett...
Se a natureza o permitir e não houver obstáculos de dimensão assinalável, vou, no domingo, concretizar um pequeno sonho: Ver, ao vivo, o mais talentoso e versátil pianista na área do Jazz e não só (Basta ouvi-lo a tocar Bach ou Mozart). Na minha opinião, ninguém mostrou, no piano, tantos horizontes musicais como Keith Jarrett. São vários os cruzamentos (Jazz, Fusão, Post-Bop, Contemporary Jazz, Avant-Garde jazz, Modern Creative, Avant – Garde, Música Clássica, Word Music etc).
Ao longo dos últimos 40 anos, Keith Jarret trilhou muitos caminhos e, de acordo com a crítica, quase sempre com um brilhantismo impressionante. A sua longa obra – mais de 70 álbuns- inclui momentos que marcaram a história da música (“Koln Concert” é apenas o exemplo mais conhecido, mas há muitos).
Jarret não toca apenas piano, sabe também “dar” música no saxofone, na guitarra, na flauta, no banjo, na bateria etc. (ouvir o álbum Spirits).
Em Lisboa vai apresentar-se no formato “trio”. Três músicos que, nas últimas três décadas, têm esgotado salas e criado trabalhos (cerca de 20) de grande qualidade. Espero que a doença (Síndrome de Fadiga Crónica) e o complexo temperamento não prejudique o seu desempenho.
Grande Keith Jarrett!

PS- Na próxima quinta-feira, Lisboa recebe Herbie Hancock, outro senhor do piano, embora diferente. Já o vi na Aula Magna, mesmo assim...vou pensar no assunto....
 
Postado por Rui Goulart em 11/09/2006 |


7 Comments:


  • 09 novembro, 2006 16:35, Blogger jocaferro

    Chiuf..chiuf...
    Isto sou eu a chorar...

    Boas audições.

    @braço.

     
  • 09 novembro, 2006 17:13, Blogger Rui Goulart

    Obrigado, amigo!

    Ainda vais a tempo!!!! :)

    Que tal?

     
  • 09 novembro, 2006 18:36, Blogger jocaferro

    Não posso mesmo senão não escaparia.

    chiuf...

    @bração.

    PS: Não te esqueças do autógrafo. Este é dos que vale a pena.

     
  • 09 novembro, 2006 19:39, Anonymous Rui G

    Gostava muito desse autógrafo, mas ele nem dorme em Lisboa. Vem dar o concerto e vai para Madrid. Assim vai ser dificil...Conheço uma pessoa que trabalha no CCB que me disse isso. Tenho pena.

    Abraço

     
  • 10 novembro, 2006 09:46, Anonymous Anónimo

    ...se me fosse dado escolher optava pelo Concerto do Herbie Hancock...Seja como for és um afortunado e espero que faças bom proveito.
    JNAS

     
  • 12 novembro, 2006 01:35, Anonymous Rui G

    Amigo JNAS
    Reconheço-te como uma pessoa com muito bom gosto cultural, mas neste caso a minha opção é clara e não oscila minimamente:KEITH JARRETT! :)

    Faltam menos de 24 horas....:)))

     
  • 13 novembro, 2006 12:12, Anonymous LS

    Então Rui? Valeu a pena?
    E o Sindrome de Fadiga Crónica afectou o desempenho?
    Suspeito que não.

    abraço

    Luísa